News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Tuesday, 16 de April de 2024
Home » Marinha » Submarino “Humaitá” realiza teste de imersão estática em Itaguaí-RJ

Submarino “Humaitá” realiza teste de imersão estática em Itaguaí-RJ

Marinha

Testagem é prevista antes da entrega do navio ao setor operativo

 

Nesta sexta-feira (04), o Submarino “Humaitá” realizou o teste de imersão estática, procedimento decisivo para a avaliação de sua estabilidade no mar. O segundo dos quatro submarinos de propulsão diesel-elétrica do Programa de Submarinos (PROSUB) fez a avaliação em área marítima próxima ao Complexo Naval de Itaguaí, na Baía de Sepetiba, litoral Sul do estado do Rio de Janeiro, e obteve mais um resultado satisfatório na série de avaliações para a entrega de mais um submarino ao setor operativo da Marinha do Brasil (MB), prevista para o segundo semestre de 2023.
A imersão estática consiste na admissão controlada da água nos tanques de lastro do submarino, até a sua imersão completa, sem utilizar sua propulsão. Com o submarino mergulhado, utilizando movimentações de pesos posicionados ao longo da embarcação, é verificada a resposta da plataforma em termos de ângulos de inclinação crescentes, obtendo-se assim os parâmetros de estabilidade transversal e longitudinal.
Na testagem, é também verificado o volume de água que foi admitido nos tanques internos de compensação e de trimagem, essenciais para determinar com precisão o seu deslocamento na condição de imersão e confirmar os valores teóricos calculados durante a fase de projeto. Além disso, foram realizados os testes de funcionamento da guarita de salvamento e lançamento de pirotécnico de exercício. Ambos os testes destinam-se a verificar a eficiência de sistemas diretamente relacionados aos recursos de salvamento existentes nessa classe de submarinos, sendo requisitos essenciais para a condução segura da fase de testes de aceitação no mar.

Fonte | Fotos: Agência Marinha de Notícias