News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Thursday, 13 de June de 2024
Home » Segurança Pública » Cão farejador do BAC se recupera após diagnóstico de câncer nos ossos

Cão farejador do BAC se recupera após diagnóstico de câncer nos ossos

Diversos

argos-bac-01

O exemplo de superação de um cão farejador do Batalhão de Ações com Cães emocionou os policiais da unidade e todos aqueles que através de nossas redes sociais, souberam do caso. Argos,um cão policial da raça Pastor Belga de Malinois, da PMERJ,sempre foi um de nossos destaques no faro de armas e drogas, possuindo em seu currículo 5 armas apreendidas, 8 indivíduos presos e mais de 180 kg de drogas encontradas, em operações realizadas em diversas comunidades do Rio.

Após ser observado com dificuldade de locomoção, Argos foi levado ao serviço veterinário da Unidade, e feitos exames clínicos e radiológico, foi constatado o quadro de Osteossarcoma (tumor agressivo com destruição do tecido ósseo) e realizado o diagnóstico oncológico foi decidida a amputação do membro afetado.

Segundo o responsável pelo procedimento cirúrgico, o Capitão Veterinário Luis Renato Verísimo de Souza, a cirurgia era necessária para a redução da dor, e uma melhor qualidade de vida do cão, levando em consideração a perfeita recuperação e adaptação dele.

Os cães farejadores do BAC são treinados ainda filhotes, e passam por testes para que sejam escolhidos aqueles com maior aptidão e que melhor desempenharão as atividades de faro após prontos. Depois de 8 anos de serviço, os cães se aposentam e são adotados, na maioria da vezes por seus condutores ou adestradores, e com Argos não foi diferente. Com o empenho e competência de nossos profissionais e veterinários, Argos está em plena recuperação, foi adotado por um de nossos policiais e hoje ganhou uma nova família e todo carinho e cuidado que merece um herói.

argos-bac-02

Fonte | Fotos: operacional