• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Mercado & Indústria

Programa federal de defesa beneficia 14 projetos da região do polo aeroespacial e de defesa de São José dos Campos

Por Anderson Gabino      |     07/12/2014 às 12:18

O KC-390 foi apresentado em solenidade com comitivas de 30 países Foto Claudio Vieira

Ao menos 14 projetos de pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias e produtos de sete empresas e instituições científicas de ensino e pesquisa do polo aeroespacial e de defesa de São José dos Campos foram contemplados com recursos financeiros não-reembolsáveis, por meio do Programa Inova Aero defesa, do governo federal.

O montante dos contratos firmados no segundo semestre deste ano com a Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), uma das instituições federais parceira do programa, ultrapassa R$ 40 milhões.

Entre os contemplados, a Embraer, Avibras, Novaer Craft Empreendimentos Aeronáuticos S.A, Compsis Computador e Sistemas, Indústria e Comércio Ltda., ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), IAE (Instituto de Aeronáutica e Espaço) e Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Os recursos serão aplicados em projetos de certificação de aviões, implantação de laboratórios, pesquisas em física de voo, sistemas avançados de informática, no desenvolvimento do VLM (Veículo Lançador de Micro satélites e em produtos de alto desempenho, como baterias de ion-lítio, entre outros.

Infografico o vale

Lançamento

Lançado em maio do ano passado em São José dos Campos, pelo então ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, o Inova Aero defesa foi criado para impulsionar a produtividade do setor, por meio de incentivo financeiro para o desenvolvimento de novas tecnologias.

O programa tem parceria entre o Ministério da Defesa, a Finep, o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico) e a AEB (Agência Espacial Brasileira). Segundo o ministério, ao menos 60 projetos foram contemplados e a verba pode chegar a R$ 291 milhões.

Estes recursos são importantes, pois se trata de apoio a projetos de alto risco tecnológico, em tecnologias de ponta, os quais necessitam de recursos não reembolsáveis para se viabilizarem, disse William Respondovesk, gerente do Departamento das Indústrias Aeroespacial, Defesa e Segurança da Finep.

Importância

Diretor de Marketing da Novaer, Paulo Campos, afirma que o Inova Aero defesa é importante para pequenas e médias empresas.“São fundamentais para o desenvolvimento de novos produtos”, destacou o executivo.

U-Xc-três-vistas-e-painel-imagem-Novaer

A Novaer planeja utilizar parte dos R$ 5,4 milhões do contrato firmado com a Finep para a certificação da aeronave T-Xc, um monomotor de dois lugares com aplicação militar, para treinamento, e civil, de quatro lugares, para transporte de passageiros. Em nota, a Embraer destacou que e “este programa pode trazer avanços importantes em pesquisa para toda a indústria aeronáutica brasileira”.

Programa Inova Aero defesa atua em 4 setores

O fomento e seleção de plano de negócios é destinado às cadeias produtivas aeroespacial (satélites espaciais, indústria aeronáutica), defesa (sensores/sensoriamento remoto e sistemas), segurança pública (sistemas de Identificação Biométrica e Sistemas de Informações) e materiais espaciais (para aplicações diversas e na indústria de defesa).

FONTE : O Vale

 

, , , , , , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.