• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Internacional

Marinha da Rússia receberá número recorde de navios em 2013

Por   João Pedro Sá Teles

steregushchy

Até o final de 2013 a Marinha da Rússia receberá 36 novos navios, número recorde na história do país. Entre as embarcações recebidas estão 3 submarinos nucleares.

O anúncio foi feito pelo Vice Almirante Alexander Fedotenkov no último domingo. No momento mais de 60 navios russos estão em operação no mar em todos os oceanos do mundo.

Destaques entre as entregas no ano de 2013 estão três submarinos nucleares. A informação foi confirmada pelo estaleiro Sevmash que anunciou a entrega de um submarino classe Yasen Projekt 885 e dois classe Borey. Os Borey são os mais novos submarinos estratégicos russos, que substituirão os navios mais antigos e velhos guerreiros da Guerra Fria como os da classe Akula (Typhoon na OTAN).

O Aleksander Nevsky e o Vladimir Monomakh, ambos da classe Borey, serão entregues em Novembro e Dezembro, respectivamente. No entanto para cumprir a meta de entrega é preciso que os testes com os mísseis balísticos Bulava em Setembro sejam um sucesso. Os testes serão realizados a partir do Aleksander Nevsky.

O outro submarino a ser entregue até o final do ano é o Severodvinsk, submarino de ataque da nova classe Yasen. O Severodvinsk está em testes de mar no Mar Branco no momento.

Esses números devem crescer, já que o governo russo anunciou um grande plano de rearmamento cuja projeção de tempo foca no ano de 2020. Até lá a marinha russa receberá 24 submarinos (8 submarinos estratégicos e 16 multipropósito) e 54 navios de combate de várias classes.

A frota de submarinos estratégicos que será entregue consistirá de 3 classe Borey e 5 classe Borey-A. Além de 8 submarinos nucleares de ataque classe Graney, e submarinos convencionais classes Kilo e Lada.

Já os navios de superfície devem ser fragatas classe Admiral Gorshkov, corvetas classe Steregushchy e classe Buyan além de navios de desembarque classe Ivan Gren.

O orçamento para aquisição de novos navios deve abocanhar um quarto de todo o orçamento de defesa por toda a próxima década. Os 166 bilhões de dólares alocados para tal finalidade demonstram que o fortalecimento da marinha é uma das prioridades do país.

, , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Temporada hípica da EsEqEx

Dia do Exército – 1ª DE

Campeonato de salto do Exército Brasileiro

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.