• Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • RSS

História

45 anos do helicóptero de combate Mil Mi-24

Por   

mi-24_prototype

No dia 19 de setembro, celebrou-se o 45 º aniversário do primeiro vôo de helicóptero de combate Mil Mi-24 da Russian Helicopters, empresa Oboronpron, do grupo de propriedade da empresa estatal russa Rostec.

O evento contou com a presença do CEO da Russian Helicopters Alexander Mikheev, que lembrou que o Mi-24 é um dos mais populares helicópteros russos desde que entrou em serviço. Os eventos incluíram uma conferência com a participação de alunos da fábrica de helicópteros Mil em Moscou.

mi-24a

O processo de desenvolvimento começou em 1968 na fábrica de helicópteros Mil em Moscou sob a tutela de Mikhail Mil e foi idealizado em tempo recorde graças em parte ao uso de peças e componentes de outros helicópteros como o Mil Mi-8 ou o Mi- 14.

Isto permitiu que a 19 de setembro de 1969 o primeiro Mi-24 pudesse fazer o seu primeiro teste de vôo aos comandos do piloto German Alferov. O helicóptero entrou em serviço em 1976, sendo fabricado na planta de Rostvertol em Rostov-on-don, e na planta Progress Arsenyev, no leste da Rússia.

mi-24pn

Ao todo, mais de 3.500 Mi-24 foram produzidos, entrando em serviço com mais de 40 países, estabeleceram oito recordes mundiais para velocidade e carga, e em 1978 Gurgen Karapetyan registrou a mais alta velocidade já atingida por um helicóptero (368,4km/h), marcando um grande record.

O desenho de helicóptero perdurou até agora, materializado numa nova série polivalente denominada MI-35, que começou a ser fabricada em 2005, a qual entrou em serviço, além da Rússia, em países da América Latina como Venezuela ou Brasil, permitindo assim que este impressionante helicóptero continue permanecendo como um ícone da engenharia e construção Russa.

mi-35mmi-35p

Mil MI 35 62.3

Fonte | Fotos: defensa

, ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Formatura do Treinamento Específico de Auxiliar de Precursor

Dia Internacional do Peacekeeper no CCOPAB

Temporada hípica da EsEqEx