• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Marinha

Marinha do Brasil assina contrato para a atualização de seus Lynx Mk21A com a empresa AugustaWestland

Por   

aw1157_brazilian_navy_lynx_upgrade_web

A empresa AgustaWestland tem o prazer de anunciar que a Marinha do Brasil assinou um contrato para uma grande atualização de oito helicópteros Lynx Mk21A de sua Aviação Naval.

O contrato, avaliado em mais de US$ 160 milhões (117 € milhões), inclui a substituição dos motores das aeronaves, seus sistemas de navegação, displays e suíte de aviônicos.

Um pacote de suporte e treinamento abrangente que inclui um dispositivo de treinamento de vôo também está incluso ao contrato.

Westland_AH-11A_Super_Lynx_Mk21A_(WG-13),_Brazil_-_Navy_AN1989148

As atividades de atualização terá início em meados de 2015 na fábrica da AgustaWestland em Yeovil, Reino Unido, com o primeiro helicóptero programado para ser entregue de volta para o cliente no Outono de 2017.

O lote completo de aeronaves atualizado está prevista para ser entregue no início de 2019 .

Essas atualizações proverá a aviação naval do Brasil, uma melhoria significativa em suas capacidades, como um melhor desempenho, alcance e eficácia operacional das missões operadas pela aeronave.

O programa de atualização fornece evidências da capacidade e experiencia da empresa, e fortalece ainda mais a parceria de longa data com a marinha do Brasil, que opera os helicópteros Lynx desde 1978.

Westland_AH-11A_Super_Lynx_Mk21A_(WG-13),_Brazil_-_Navy_AN0976781

A nova geração de motores CTS800-4N, já utilizados no exército britânico pelos Lynx Mk9A, o Super Lynx 300 e o AW159 Wildcat, irá fornecer aos helicópteros grandes melhorias de desempenho em ambientes quentes e de grandes altitudes, permitindo um aumento da carga útil e da extensão de área de cobertura em suas operações.

cockpit AW159

A nova cabine será complementada por um novo conjunto de aviônicos avançados que compreende um processador tático, sistema de navegação baseado em satélite, sistema anti-colisão (TCAS), sistema de pouso por instrumento, receptor de vigilância eletrônica de alerta de radar integrado com as contra-medidas (Chaff/Flare) um cockpit totalmente compatível para o uso de OVN´s(Óculos de visão Noturna), juntamente com um novo guancho de resgate acionado eletricamente.

FONTE : agustawestland.com

, ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Temporada hípica da EsEqEx

Dia do Exército – 1ª DE

Campeonato de salto do Exército Brasileiro

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.