• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Eventos

Esquadrão HA-1 completa 37 anos

Por   

brasaofinalHA-1

No dia 15 de maio de 1978, pelo Decreto nº 81.660 do Exmº Sr. Presidente da República, foi criado o Primeiro Esquadrão de Helicópteros de esclarecimento e Ataque Anti-Submarino.

O Esquadrão naquela época, contava com 9 (nove) aeronaves SAH-11 (Lynx), tendo como missão: Prover os meios aéreos integrantes do sistema de armas das Fragatas Classe Niterói, a fim de ampliar as possibilidades dos sensores de bordo, assim como, a capacidade de reação do navio.

Em 1995, a Marinha do Brasil, visando a modernização de sua frota, substituiu as antigas aeronaves pelo modelo AH-11A (Lynx). Em função da Marinha ter adquirido novos meios de superfície e da versatilidade demonstrada pela aeronave ao longo de vários anos de operação, o Esquadrão HA-1, em 20 de agosto de 1997, teve sua missão alterada, tornando-a mais abrangente, e seu nome substituído para Primeiro Esquadrão de Helicópteros de Esclarecimento e Ataque.

O Lince

O Lince, mamífero, carnívoro da família dos FELÍDEOS, que os antigos pensavam ser dotado de visão mais penetrante que qualquer outro animal predador noturno, foi escolhido como símbolo do Esquadrão HA-1 pela designação do fabricante ao modelo da aeronave AH-11A (LYNX), bem como devido as suas notáveis qualidades para o ataque.

gatonamarca

Conheça uma pouco do Westland Lynx Mk 21 A ( AH-11 SUPER LYNX )

Motor e o Sistema de Combustível

O SUPER LYNX  é equipado com 2 motores turbo-eixo tipo GEM 42-1 Mk 1017 fabricados pela Rolls Royce que giram um rotor principal de 4 pás e um rotor de cauda, também de 4 pás e são capazes de produzir 1120 SHP cada. Em função desta potência a aeronave tem condições de voar (em emergência) com apenas um motor. Os motores são providos de um sistemas de alarme de incêndio e 2 ampolas de BCF para extinção do fogo, que são acionadas manualmente pelo piloto no cockpit.

É composto por 2 tanques principais, 2 tanques coletores e um tanque a vante da aeronave, existindo a possibilidade de instalação de até 2 tanques extras. O combustível pode ser alijado em vôo em caso de emergência através de uma válvula específica. O reabastecimento em terra se dá por pressão ou por gravidade e a aeronave pode ser reabastecida em vôo por pressão (Helicopter in Flight Refueling).

Domingo Aéreo Musal 2014 (39)

Controle de Vôo 

É composto pelo cíclico e coletivo que movimentam 3 servos hidráulicos que por sua vez movimentam a cabeça do rotor principal. Existem, ainda, os pedais que controlam o rotor de cauda. Para os controles de cíclico e coletivo existe um sistema hidráulico duplo e para os pedais o sistema é único, mas é possível o controle mecânico o que não é possível para o cíclico e coletivo.

Rotores e Sistema de Controle de Vôo (FCS)

O sistema de rotores compreende uma cabeça do rotor principal do tipo semi-rígida fabricada de titânio e uma cabeça do rotor de cauda do tipo tradicional. A cada cabeça estão conectadas 4 pás.

A aeronave possui um sistema automático de controle de vôo que permite auto-estabilização em todos os planos e ainda provê manutenção de rumo e altura.

Domingo Aéreo Musal 2014 (37)

Radar, Rádios & Navegação

O radar instalado na aeronave é o Sea Spray 3000 com setor de busca de 360º que tem função de busca e direção de tiro. Os equipamentos de comunicação operam na faixa de UHF, VHF e HF.

A aeronave é equipada com um computador tático de navegação RNS 252, um sistema giroscópico, um sistema DOPPLER, um sistema de velocidade verdadeira no ar, radar altímetro, VHF e UHF homing, VOR e ADF.

Armamento 

É possível o lançamento através do SUPER LYNX do míssil ar-superfície Sea Skua, de torpedos MK 44 e MK 46, bombas de profundidade além de pirotécnicos de vários tipos.

Domingo Aéreo Musal 2014 (52)

Outros Equipamentos 

Por ser uma aeronave concebida para operação a bordo de navios, possui equipamentos adequados para este tipo de missão:

=> o arpão que mantém a aeronave presa a uma grade existente no convés de vôo do navio;
=> trens de pouso amortecedores de choque e que permitem a aeronave girar sobre um ponto no solo ou no convôo do navio;
=> um sistema de 4 flutuadores de emergência que podem ser acionados manualmente do cockpit ou automaticamente através do contato com a água salgada;
=> hoist (guincho) instalado no lado direito da aeronave com capacidade de 272 kg;
=> hook (gancho) para transporte de cargas externas de até 1360kg.

Domingo Aéreo Musal 2014 (41)

Toda esta estrutura e sistemas da aeronave a tornam capaz de voar em qualquer tempo, condições visuais ou instrumento, de dia ou à noite, aumentando assim sua versatilidade.

Os SUPER LYNX operam a partir das Fragatas Classe Niterói e Greenhalgh, Corvetas Classe Inhaúma, NPaOc´s Classe Amazonas, NAe “São Paulo”, nos NDD´s Classe Ceará e NDCC´s Classe Matoso Maia.

FONTE : Esquadrão HA-1

NOTA DA REDAÇÃO: A Revista Operacional, parabeniza o 1º Esquadrão de Helicópteros de Esclarecimento e Ataque (HA-1) pelo seu 37º aniversário de criação, levando o nome da Marinha do Brasil nos mais distantes pontos do Brasil e do mundo, fazendo que seus serviços e feitos sejam perpetuados por décadas!!!

,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Temporada hípica da EsEqEx

Dia do Exército – 1ª DE

Campeonato de salto do Exército Brasileiro

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.