News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Friday, 21 de June de 2024
Home » Marinha » Grupo de Fiscalização e Recebimento recebe 1ª aeronave Lynx que será modernizada

Grupo de Fiscalização e Recebimento recebe 1ª aeronave Lynx que será modernizada

Marinha
Por

Chegada da primeira aeronave a ser modernizada às instalações da AgustaWestland

O Grupo de Fiscalização e Recebimento de Aeronaves Lynx (GFRLYNX) recebeu visita do Adido de Defesa e Naval no Reino Unido, na Suécia e na Noruega na sede da empresa AgustaWestland LTD (AW), em Yeovil, Reino Unido. O Capitão-de-Mar-e-Guerra Alexander Reis Leite estava acompanhado do seu antecessor, o também Capitão-de-Mar-e-Guerra Denilson Medeiros Nôga.

Uma explanação sobre o andamento do Programa de Modernização das aeronaves AH-11A foi apresentada à Comitiva. Também houve uma visita à Linha de Produção do AW-159 Wildcat e ao local aonde serão conduzidos os serviços atinentes à modernização da primeira aeronave da Marinha do Brasil (MB).

O período coincidiu com a chegada da primeira aeronave a ser modernizada. Após ter sido despachada do Esquadrão HA-1 em 9 de junho e embarcado no Navio Mercante “Gran Congo” em 24 de junho, a aeronave N- 4001 chegou ao porto de Tilbury, em terras Britânicas, no dia 15 de julho e à sede da empresa em 20 de julho. A aeronave será a primeira de oito a serem modernizadas, as quais receberão, na MB, a designação de AH-11B.

O retorno ao Brasil, após a modernização, está previsto para o segundo semestre de 2017. Para a MB, a modernização das AH-11A é mais um passo na revitalização dos meios aeronavais. Os resultados permitirão que a Aviação Naval opere uma aeronave com sensores e equipamentos no estado da arte, representando um salto de qualidade na capacidade da Força.

Fonte | Fotos: ccsm