RSS
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • RSS

Geopolítica

França diz que falar com Assad seria ‘presente escandaloso’ ao EI

Por   

Anti jihadistas

O ministro francês das Relações Exteriores, Laurent Fabius, estimou nesta segunda-feira (16) que voltar a falar com o líder sírio Bashar al-Assad seria “um presente escandaloso, gigantesco” aos jihadistas do grupo Estado Islâmico, que conquistaram vastas áreas no território sírio, onde instauraram um califado.

“A solução é uma transição política que preserve as instituições do regime, e não Bashar al-Assad, mas as instituições do regime e integrar a oposição”, disse Fabius em um diálogo com a imprensa ao fim de uma reunião de ministros em Bruxelas. Qualquer outra solução que mantenha Bashar al-Assad no comando seria um presente absolutamente escandaloso, gigantesco aos terroristas do Estado Islâmico acrescentou.

Se o diálogo com Assad for retomado,”milhões de sírios que foram perseguidos por Assad terminariam apoiando o Estado Islâmico é evidente o que precisamos evitar”. No domingo, o secretário americano de Estado,John Kerry, declarou que os Estados Unidosterão que negociar com Assad para colocar fim à guerra no país, que entra em seu quinto ano.

“No fim teremos que negociar. Sempre estivemos dispostos a negociar no âmbito do processo (de paz) de Genebra I”, disse Kerry em uma entrevista divulgada no canal CBS, acrescentando que Washington trabalha sem descanso para reativar os esforços e encontrar uma solução política à guerra na Síria.

Fonte | Fotos: g1

, , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Formatura do Treinamento Específico de Auxiliar de Precursor

Dia Internacional do Peacekeeper no CCOPAB

Temporada hípica da EsEqEx

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.