News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Wednesday, 24 de April de 2024
Home » Exército » 30º BIMec realiza novo exercício anfíbio com o VBTP Guarani

30º BIMec realiza novo exercício anfíbio com o VBTP Guarani

Exército
Por

Adestramento Guarani

O 30º Batalhão de Infantaria Mecanizado (BIMec), unidade do Exército Brasileiro sediada em Apucarana, realizou na manhã desta quarta-feira (4) mais um exercício com unidades da Viatura Blindada de Transporte de Pessoal (VBTP-MR) Guarani. A atividade operacional foi realizada na Lagoa do Schimidt, na zona norte da cidade, e foi coordenada pelo capitão Júlio.

Por precaução, o exercício foi acompanhado por equipe do Corpo de Bombeiros e o comandante da corporação, major Hermerson Saqueta, esteve no local.  Conforme o capitão Júlio, o Guarani é “um moderno e poderoso instrumento para operações militares de ataque, defesa, patrulhamento e missões de paz”. Desenvolvido a partir de pesquisas empreendidas por diferentes unidades do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército, a família de blindados Guarani está sendo produzida em parceria com a multinacional italiana IVECO.

Adestramento Guarani.2

Com capacidade para 11 homens – sendo nove combatentes, um atirador e um condutor –, o blindado Guarani contém, além de ar condicionado, uma série de inovações tecnológicas: baixa assinatura térmica e radar – o que dificulta sua localização pelos inimigos; proteção blindada para munição perfurante incendiária e minas anticarro; navegação por GPS; freios ABS; visão noturna; motor de 383 cv, com velocidade máxima de 100 km/h; sistema de gerenciamento de campo de batalha; e sistema de consciência situacional.

O Guarani também é preparado para navegação, com hélices traseiras que lhe dão capacidade anfíbia. Suas torres podem ser equipadas com canhões de munição de 30mm, além de metralhadoras .50 e 7,62mm. É projetado para atingir alvos aéreos e terrestres. Desde 2013, os militares dos batalhões de infantaria mecanizado das regiões Sul e Centro-Oeste estão recebendo treinamento específico para operar o novo blindado.

Adestramento Guarani.3

FONTE : tnonline

Fonte | Fotos: operacional