News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Saturday, 20 de July de 2024
Home » Exército » Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil encerra Estágio de Preparação para Missões de Paz

Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil encerra Estágio de Preparação para Missões de Paz

Exército
Por

COOPAC

Com a cerimônia de entrega de certificados aos 24 alunos, chegou ao fim, no dia 30 de maio, mais um Estágio de Preparação para Missões de Paz (EPMP).

COOPAB

O curso teve duração de dez semanas, tendo sido as quatro últimas realizadas no Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB) e foi inteiramente ministrado em inglês, já que o domínio do idioma é requisito fundamental para quem participa das missões individuais das Nações Unidas.

COOPAB3

Com aulas teóricas, mas composto substancialmente de aulas práticas, o Estágio tem como objetivo preparar militares para exercer as funções de Observadores Militares, Oficiais de Estado-Maior e Policiais das Nações Unidas.

Alunos destacam o alto nível do Estágio e elogiam preparo do CCOPAB

O Major da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Sul, Átila Mesadri Pezzetta, acredita queo Estágio é fundamental para seu desempenho.

COOPAB5

Em sua primeira missão, no Timor Leste, o major Átila não frequentou o EPMP e acha que, caso o tivesse feito, teria desempenhado suas funções com muito mais facilidade.

Agora, estando designado para emprego no Sudão do Sul e aliando a vivência de uma missão com o conteúdo abordado no Estágio, se sente muito mais tranquilo para exercer sua função como Policial da ONU.

COOPAB4

Já o Major da Força Aérea Brasileira Marcos Afonso de Carvalho Quintella, também designado para a missão no Sudão do Sul, acha que a preparação dos brasileiros que vão para este tipo de missão se divide em antes e depois da concepção do EPMP. “O curso é um divisor de águas. Quase tudo que aplicamos em campo, durante a missão, é visto nos exercícios que realizamos”.

COOPAB2

O EPMP foi concluído por treze militares do Exército, quatro da Marinha, quatro da Força Aérea e três policiais militares de diferentes Estados, que agora aguardam para seguir para as missões para as quais estão designados.

Fonte | Fotos: ccomsex