News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Saturday, 20 de April de 2024
Home » Exército » Centro de Operações do Exército coordena segurança do evento

Centro de Operações do Exército coordena segurança do evento

Exército
Por

21_MHG_RIO_2103_operacoes

A Sala do Centro de Operações do Exército concentrou todo o monitoramento da cerimônia, que contou com mais de 4 mil agentes das Forças Armadas, das polícias Federal, Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Departamento de Trânsito do DF. O esquema de segurança da cerimônia de posse presidencial é coordenado pelo Centro de Operações do Exército Brasileiro, que funciona no Setor Militar Urbano de Brasília, a cerca de 12 quilômetros da Esplanada.

Segundo o chefe do Estado-Maior do Comando Militar do Planalto, coronel Carlos Henrique Guedes, a ação começou a ser planejada há três meses e a sala passou a operar no dia 27 de dezembro. “O nosso objetivo é dar toda a segurança para a posse. As câmeras instaladas nos ministérios e as que estão nas motos e helicópteros seguem todo o comboio presidencial. Qualquer distúrbio percebido é logo relatado para as equipes que estão na Esplanada dos Ministérios e que saberão agir de acordo com o caso”, disse Guedes

seg

A sala concentra o monitoramento da segurança de toda a cerimônia, que conta com mais de 4 mil agentes das Forças Armadas, das polícias Federal, Civil e Militar, do Corpo de Bombeiros e do Departamento de Trânsito do Distrito Federal. O centro de controle recebe imagens de 64 câmeras de vigilância, espalhadas pela Esplanada dos Ministérios, no alto dos prédios e em pontos considerados estratégicos pelos militares.

“Tudo foi pensado estrategicamente para dar segurança à presidenta e à população que assiste à posse. Nada que ocorrer na Esplanada dos Ministérios escapa das câmeras, dos militares que estão lá e dos agentes à paisana”, afirmou Guedes. A Esplanada dos Ministérios, em Brasília, está fechada para o trânsito desde ontem (31) devido ao evento. Nesta quinta-feira (1º), a circulação de carros está vetada nas duas avenidas principais que concentram os prédios do governo.

seguranca

Fonte: Agência Brasil

Fonte | Fotos: operacional