News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Wednesday, 24 de April de 2024
Home » Exército » Militares da Brigada de Infantaria Paraquedista fazem salto de treinamento em Normandia, RR

Militares da Brigada de Infantaria Paraquedista fazem salto de treinamento em Normandia, RR

Exército
Por

amazo2

Nesta ultima quinta-feira (16) uma equipe da Brigada de Infantaria Paraquedista, do Exército Brasileiro, participou de um treinamento voltado para saltos de paraquedas na região do lago Caracaranã, município de Normandia, em Roraima. A atividade faz parte da terceira edição da Operação Amazônia. Em torno de 60 homens do Rio de Janeiro estavam na tarefa, segundo informações do Exército.

Os exercícios da operação iniciaram no dia 10 de outubro e devem continuar até o dia 21 deste mês. As atividades envolvem Marinha, Exército e Força Aérea, de forma integrada. O objetivo é aprimorar o desempenho e a interação das Forças Armadas, na defesa da região Amazônica.

Sob o comando do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), do Ministério da Defesa, os militares vão demonstrar, por meio de uma série de treinamentos, a capacidade das Forças Armadas na proteção da floresta tropical.

A operação reunirá quatro mil militares que participarão de simulações nas cidades de Manaus – AM, Boa Vista e Normandia, ambas em Roraima. Na sexta-feira (17) haverá uma demonstração do treino para o Ministro da Defesa Nacional, Celso Amorim, na BR-174, próximo à Boa Vista Mineradora.

Fonte | Fotos: g1