News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Tuesday, 16 de April de 2024
Home » Força Aérea » Esquadrão Falcão realiza instrução de infiltração em combate para Militares da MB e do EB

Esquadrão Falcão realiza instrução de infiltração em combate para Militares da MB e do EB

Força Aérea
Por

Esquadrão Falcão.3

O Esquadrão Falcão (1º/8°GAV), sediado em Belém (PA), realizou instruções entre os dias 06 e 08 de abril para 30 militares da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro sobre técnicas de infiltração de tropa em cenários de combate.

Esquadrão Falcão.7

O exercício, ocorreu na Base Aérea de Belém (BABE) e integrou o Curso Expedito de Operações Ribeirinhas, conduzido pelo Grupamento de Fuzileiros Navais da cidade.

Esquadrão Falcão.4

Os instrutores da equipe de resgate do Esquadrão Falcão capacitaram os alunos em técnicas de Rapel e Fast Rope no helicóptero H-36 Caracal. Os ensinamentos são sobre infiltração de tropa por meio de cordas onde não há local para pouso.

Esquadrão Falcão.5

“O Rapel costuma ser realizado quando não há a disponibilidade de guincho, e a descida é controlada com o auxílio de equipamentos que ficam presos ao corpo do combatente. Já o Fast Rope é executado quando existe a necessidade de infiltrar os combatentes no menor tempo possível de exposição do helicóptero, em que os militares descem pela corda utilizando apenas braços e pernas”, explica o Tenente Leir de Oliveira Gomes, piloto e homem de resgate do Falcão.

Esquadrão Falcão.2

O curso

Durante 45 dias, os militares recebem instruções para operações especiais em regiões fluviais na Amazônia Oriental. Segundo o coordenador, Capitão Tenente Fuzileiro Naval Luciano Ferreira dos Santos, na fase técnica, os exercícios com o helicóptero da Força Aérea Brasileira complementam as instruções de operações aéreas e métodos de infiltração.

Esquadrão Falcão.6

“É o início da semana de planejamento e missões, em que os alunos colocam em prática os conhecimentos técnicos adquiridos nas semanas anteriores”, ressalta.

Esquadrão Falcão

Fonte | Fotos: cecomsaer