News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Wednesday, 24 de April de 2024
Home » Força Aérea » Exercício reúne mais de 450 militares na Base Aérea de Campo Grande

Exercício reúne mais de 450 militares na Base Aérea de Campo Grande

Força Aérea
Por

C 130 BACG

A Base Aérea de Campo Grande sedia de 11 a 26 de agosto o exercício operacional Transportex 2014. Ao todo, 450 militares realizam atividades que envolvem navegação a baixa altura, voo em formação, lançamento de carga e pessoal, lançamento livre operacional a grande altitude, reabastecimento em voo e missões com uso de óculos de visão noturna.

Serão utilizadas aeronaves como C-130 Hércules, C-105 Amazonas e C-95 Bandeirante. Há participação ainda de um esquadrão de caças, outro de helicópteros e mais um de reconhecimento.

C 105

“Nosso propósito é melhorar a capacidade operacional e na Transportex temos um laboratório rico em técnicas e táticas que elevarão o nível dos nossos tripulantes. O treinamento é essencial para manter nossa proficiência”, afirma o Brigadeiro do Ar Robson Roger Garcia Tavares de Melo, comandante da Quinta Força Aérea (V FAE), unidade responsável pelo preparo e o emprego da aviação de transporte.

C 130

A última edição do exercício Transportex foi realizada em Belém (PA) em 2012, na região amazônica. O revezamento das localidades visa explorar todas as variáveis geográficas e climáticas do país. “A cidade de Campo Grande está situada numa região estratégica. Para que possamos nos adestrar ao máximo, é preciso treinar em todos ambientes onde seja necessário o apoio da aviação de transporte”, finaliza o Brigadeiro Roger.

Fonte | Fotos: cecomsaer