News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Thursday, 18 de April de 2024
Home » Geopolítica » Canadá e Espanha irão realizar voo de vigilância sobre a Russia

Canadá e Espanha irão realizar voo de vigilância sobre a Russia

Diversos
Por

Canadá e Espanha realizarão voo de vigilância sobre a Rússia

Uma missão conjunta do Canadá e da Espanha deverá realizar um voo de vigilância no espaço aéreo russo. O chefe interino do Centro Nacional de Redução de Risco Nuclear da Rússia disse nesta segunda-feira (21) que uma missão conjunta do Canadá e da Espanha realizará um voo de observação sobre a Rússia entre os dias 21 e 25 de setembro.

“Durante o período entre 21 e 25 de setembro de 2015 uma missão conjunta do Canadá e da Espanha planeja realizar um voo de vigilância sobre o território da Federação da Rússia, de acordo com o Tratado de Céus Abertos, usando um avião de vigilância canadense C-130J”, informou Ruslan Shishin.

Lockheed C-130H Hercules com especialistas americanos, franceses e agora ucranianos a bordo, fez uma série de voos de observação sobre a Sibéria ocidental

Lembramos que recentemente um Lockheed C-130H Hércules com especialistas americanos, franceses e ucranianos a bordo, fez uma série de voos de observação sobre a Sibéria ocidental entre 31 de agosto e 4 de setembro.  Desde 2002 a Rússia, os EUA e outros países que assinaram o Tratado de Céus Abertos permitiram um número limitado de voos de observação sobre o seu território.  Os acordos internacionais estabelecem o número de voos, tipo de equipamento de vigilância a bordo e os aeroportos que podem ser usados.

FONTE: Sputniknews

Fonte | Fotos: operacional