News

Escoteiro do Rio de Janeiro é condecorado com a Medalha Marechal Mascarenhas de Moraes

Escoteiros de Irajá participam de troca de guarda do Monumento aos Pracinhas

AECB Brasília realiza homenagem a veteranos da FEB

Militares do Comando Militar do Norte fortalecem o preparo em Operações Aeromóveis

Tropa do Exército Brasileiro se prepara para atividade internacional

Operações Interagências: saiba como é atuação da Marinha com outros órgãos

Condor apresenta tecnologias inteligentes durante a LAAD 2023 e anuncia o primeiro Instituto de Ciência e Tecnologia para não letais da América Latina

Sunday, 03 de March de 2024
Home » História » Museu da FEB pode ser tombado e medida protegeria o espaço contra despejo

Museu da FEB pode ser tombado e medida protegeria o espaço contra despejo

Diversos
Por

museu_feb

O deputado estadual Dionísio Lins (PP) apresenta hoje um Projeto de Lei pedindo o tombamento do imóvel onde funciona o Museu da Força Expedicionária Brasileira (FEB), que guarda um pouco da histórica campanha dos militares brasileiros que lutaram na Segunda Guerra Mundial contra o Nazismo, no Centro.

A medida protegeria o espaço, pois o governo do Rio cobra cerca de R$ 1,6 milhão por aluguéis atrasados. Também do PP, o deputado Flávio Bolsonaro apresentou um programa de valorização da memória dos veteranos, inclusive com a preservação do museu e retirando todos os débitos existentes.

Formatura FEB4

O local conta com um acervo de equipamentos utilizados na campanha brasileira, desde uniformes a até armamentos. Está no atual endereço desde 1966, quando o espaço foi doado pelo governo da época, e desde então as demais administrações cobravam apenas uma taxa simbólica.

O aluguel teria então subido de R$ 50 para R$ 8,5 mil. O governo do Estado diz que o prédio é cedido, mas que a taxa devida a RioPrevidência, que é a antiga dona do imóvel, não foi paga por 13 anos.

FONTE : Jornal O Dia

Fonte | Fotos: operacional