News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Monday, 20 de May de 2024
Home » Internacional » Coréia do Sul e Estados Unidos realizarão manobras militares esta semana

Coréia do Sul e Estados Unidos realizarão manobras militares esta semana

Diversos
Por

navios_Marinha_sul-coreana_divulgacao_TL(1)

Coréia do Sul e os Estados Unidos vão realizar esta semana manobras navais em território sul-coreano apesar das repetidas reivindicações do regime de Kim Jong-un para que fossem canceladas, informaram nesta segunda-feira (data local) oficiais da Marinha da Coreia do Sul. Os dois exércitos aliados “devem realizar o exercício durante dois dias a partir da terça-feira no Mar do Leste (Mar do Japão)”, explicou um porta-voz das Forças Navais à agência “Yonhap”.

USS_Mustin_(DDG-89)_front

O exercício envolve a participação de dois destróieres dos Estados Unidos, incluindo o USS Mustin DDG-89 de 9.200 toneladas que chegou à cidade portuária de Donghae (nordeste do país) na véspera. Também o Gwanggaeto, um destróier sul-coreano de 3.200 toneladas, assim como um submarino e um avião de patrulha P-3C das Forças Navais da Coreia do Sul.

okpo_class_destroyer_l2

“O objetivo dos exercícios é aperfeiçoar nossa capacidade conjunta para detectar possíveis infiltrações de inimigos em nossas águas territoriais e destruí-los. Faz parte dos exercícios regulares anuais entre os dois países”, disse um porta-voz. O anúncio das manobras foi feita em um momento no qual a Coreia do Norte pediu diretamente aos EUA o cancelamento dos exercícios e insinuou que pararia momentaneamente seus testes nucleares se Washington cede a suas exigências.

coreia-do-sul-tanques-ap-5

FONTE : Terra

Fonte | Fotos: operacional