News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Friday, 19 de July de 2024
Home » Internacional » Governo da Suécia irá apoiar o desenvolvimento do Gripen E

Governo da Suécia irá apoiar o desenvolvimento do Gripen E

Diversos
Por

gripen ng dem

O acordo firmado entre o governo sueco e a empresa Saab no ano de 2012, previa que a fabricante teria que encontrar um parceiro internacional para dividir os custos de desenvolvimento do caça Gripen E.

Este parceiro inicial, era para ter sido a Suíça, no entanto com o referendo realizado no último dia 18 de maio, o qual marcou a recusa na comprar de 22 aeronaves, a um valor de 3.500 milhões de dólares, que culminou com a perda de um parceiro internacional que a Saab procurava a mais de dez anos.

gripen ng GDE

No entanto, o governo sueco já manifestou que ele estaria disposto a renunciar à cláusula do acordo e continuar o trabalho de desenvolvimento no novo caça mesmo que esteja sozinho no projeto.

O país considera grande demais o projeto para se abdicar dele, no entanto, deve ser formalizado um parceiro para a exportação do Gripen E, antes do final do ano, para que o futuro do programa não tenha que passar pela aprovação no Parlamento sueco.

A Suécia está repensando e redefinindo seus programas de defesa e a importância de orçamentos para assegurar as suas capacidades, visto que a Rússia  aumentou a sua presença na região e especialmente desde o início da crise com a Ucrânia.

Formação-Gripen-foto-copywright-Gripen-International

O governo sueco, assinou em fevereiro do ano passado a compra de 60 caças Gripen E para a Força Aérea da Suécia, um número que pode subir para 80 aeronaves se o aumento dos orçamentos de defesa forem confirmados.

Enquanto isso, espera-se a formalização do acordo industrial com o Brasil em dezembro, depois da escolha do Gripen E como os futuros caças para a Força Aérea Brasileira, a qual pretende-se adquirir 36 aeronaves desse modelo. Este acordo abrange todo o ciclo de vida da aeronave, incluindo a concepção, manutenção e abertura de uma linha de montagem no Brasil.

Fonte | Fotos: defensa