News

Escoteiro do Rio de Janeiro é condecorado com a Medalha Marechal Mascarenhas de Moraes

Escoteiros de Irajá participam de troca de guarda do Monumento aos Pracinhas

AECB Brasília realiza homenagem a veteranos da FEB

Militares do Comando Militar do Norte fortalecem o preparo em Operações Aeromóveis

Tropa do Exército Brasileiro se prepara para atividade internacional

Operações Interagências: saiba como é atuação da Marinha com outros órgãos

Condor apresenta tecnologias inteligentes durante a LAAD 2023 e anuncia o primeiro Instituto de Ciência e Tecnologia para não letais da América Latina

Saturday, 02 de March de 2024
Home » Internacional » Helicópteros russos desenvolvidos para o Mistral ganharão outras funções

Helicópteros russos desenvolvidos para o Mistral ganharão outras funções

Diversos
Por

Ka-52 k.2

A Rússia está estudando a melhor maneira de aproveitar os helicópteros Ka-52K que iriam operar nos porta-helicópteros da classe Mistral negociados com a França, segundo informou nesta terça-feira (12) o vice-gerente geral da Russian Helicopters, Shibitov Andrei. A França construiu para a Marinha russa dois navios, mas vem atrasando a sua entrega alegando as sanções impostas pelo Ocidente a Moscou.  A Rússia continua esperando a conclusão do negócio ou a devolução do dinheiro.

9vladivostok-mistral (1)

Shibitov afirmou em entrevista coletiva que este tipo de helicóptero não precisa ser usado exclusivamente em porta-helicópteros. Já o vice-ministro da Indústria e Comércio russo, Andrei Boguinski, disse que o modelo Ka-52K sempre terá uma aplicação tática na Russia. “Na Russia, nós temos uma longa fronteira marítima e será sempre haverá lugar para implantar essas aeronaves”, sugeriu.

Dia da Vitoria 70 anos (11)

O Ka-52K foi desenvolvido para serem utilizados à bordo dos porta-helicópteros “Vladivostok” e ” Sebastopol” da classe Mistral que a Russia comprou da França mas não recebeu. A aeronave realiza missões em qualquer condição meteorológica, e é equipada com radares ultramodernos com alcance de 200 km e pode disparar mísseis antinavio Kh-31 e Kh-35.

FONTE : Sputniknews

Fonte | Fotos: operacional