News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Saturday, 20 de July de 2024
Home » Internacional » Russia pode vir a formar uma nova parceria com a Índia em projeto de porta-aviões

Russia pode vir a formar uma nova parceria com a Índia em projeto de porta-aviões

Diversos
Por

© Foto Indian Navy

O porta-aviões Vikramaditya que foi construído em um estaleiros Russo, é a principal belonave da Marinha indiana e é uma das unidades de combate mais poderosas do Oceano Índico. A Russia se mostra como o parceiro mais provável da Índia na construção do porta-aviões IAC-2 e no fornecimento de caças, afirmou nesta quarta-feira um representante do Centro para Análise do Comércio Mundial de Armas (TSAMTO).

Anteriormente a Índia já havia recorrido à companhia russa Rosoboronexport, assim como também a empresas americanas, britânicas e francesas com pedidos para a participação no desenvolvimento e na construção do porta-aviões indiano que deslocará 65 mil tons. O representante do TSAMTO argumenta que a cooperação baseada em tecnologia russa será lucrativa para os dois países. O porta-aviões Vikramaditya — uma unidade central da Marinha indiana — foi produzido originalmente na Russia, lembrou ele.

Seria lógico que a Índia equipasse esta embarcação com caças MiG-29K / KUB — os mesmos usados a bordo do Vikramaditya. Ele também salientou que a Rússia contribuiu ativamente para a modernização da Marinha Indiana com o fornecimento de submarinos da classe Kilo e fragatas do Projeto 11356.

FONTE : Sputniknews

Fonte | Fotos: operacional