News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Monday, 15 de July de 2024
Home » Marinha » Casco do porta-aviões USS “Constellation”, que esta sendo rebocado realizará escala técnica em Salvador

Casco do porta-aviões USS “Constellation”, que esta sendo rebocado realizará escala técnica em Salvador

Marinha
Por

bolacha CV64

O Comando do 2º Distrito Naval (Com2ºDN) informa que o casco do porta-aviões USS “Constellation” (CV 64), da Marinha dos Estados Unidos da América, está sendo rebocado do porto de Montevidéu, no Uruguai, para Porto de Espanha, em Trinidad e Tobago, e realizará escala técnica em Salvador a partir de amanhã (04), para reabastecimento da embarcação empregada no seu reboque.

646_large_image

O casco do  USS “Constellation” (CV 64), que foi desativado em 2003, permanecerá ancorado na Baía de Todos os Santos durante o tempo necessário ao reabastecimento do rebocador, estimado em 48 horas.

USS CONSTELLATION CV-64

O antigo porta-aviões  USS “Constellation” (CV 64) está fazendo uma derradeira viagem de 16 000 Milhas Náuticas, desde a costa oeste dos EUA em direção ao Texas, via Cabo Horn, ele está sendo rebocado a uma velocidade média de 5 nós e neste trajeto realizará algumas atracagens em portos amigos, para o reabastecimento do navio de apoio. Recentemente a  NASA fez uma Imagem desta viagem exibindo o navio próximo ao Cabo Horn, o Mais Famoso da América do Sul.

USS CONSTELLATION 2014-11-05 (Nasa photo)

Retirado do serviço ativo em 2003, o  USS “Constellation” (CV 64) manteve-se na reserva em “StanBy”, mas em meados de 2014 foi acertada a venda de seu casco para ser desmontado o que obrigou  a viagem em torno da América do Sul, já que suas dimensões não possibilitam o transito pelo canal do Panamá.

Fonte | Fotos: ccsm