News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Saturday, 20 de April de 2024
Home » Marinha » Com novo atraso a entrega do primeiro submarino fica para 2018

Com novo atraso a entrega do primeiro submarino fica para 2018

Marinha
Por

Prosub

A entrega do primeiro submarino, de um total de cinco, do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub) foi adiada mais uma vez. A expectativa é que a primeira embarcação seja finalizada apenas em 2018. O cronograma definitivo deve ser apresentado em abril. Em 2012, quando o Brasil Econômico visitou pela primeira vez as instalações do estaleiro responsável pela construção dos submarinos, a previsão era que a primeira unidade ficasse pronta em 2015.

NT-12-12-2014-Estaleiro001

Segundo a Marinha, o atraso se deve a dificuldades encontradas pela Nucleobras Equipamentos Pesados (Nuclep) na construção do casco resistente do primeiro submarino e demora na entrega de materiais pela francesa DCNS, responsável pela transferência da tecnologia francesa e parceira da Odebrecht na construção do Estaleiro e Base Naval (EBN).

seção do SBR

Atualmente, três submarinos estão sendo montados na unidade. “O atraso da entrega dos materiais foi provocado por um conjunto de fatores, dentre eles a logística e mudanças nos projetos”, explicou Eric Berthelot, diretor-presidente da DCNS no Brasil. Os quatro submarinos convencionais são uma adaptação do francês Scorpène, com uma seção intermediária desenhada por engenheiros brasileiros.

Prosub_submarinos

Já o submarino com propulsão nuclear teve a planta de propulsão desenvolvida pelo Centro Tecnológico da Marinha de São Paulo. Até o momento foram investidos cerca de R$ 12,5 bilhões dos R$ 23,5 bilhões previstos.

FONTE : Brasil Econômico-SP

Fonte | Fotos: operacional