News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Saturday, 13 de April de 2024
Home » Marinha » Flotilha do Amazonas realiza exercícios operativos com Aspirantes

Flotilha do Amazonas realiza exercícios operativos com Aspirantes

Marinha
Por

Ações no Rio Amazonas

Os Navios-Patrulha Fluvial (NPaFlu) “Pedro Teixeira” e “Rondônia”, e o Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Oswaldo Cruz”, subordinados ao Comando da Flotilha do Amazonas, realizaram, no período de 21 a 23 de janeiro, exercícios operativos durante a Comissão de Estágio de Verão dos Aspirantes/2015. As ações ocorreram na calha do Rio Amazonas, entre Manaus (AM) e Santarém (PA).

Os Aspirantes da Escola Naval participaram de exercícios de navegação em baixa visibilidade, fundeio de precisão, Controle de Avarias, Homem ao Mar, manobras táticas, demonstração de Patrulha Naval e Inspeção Naval e Operações Aéreas com utilização da aeronave modelo “Esquilo” embarcada, do 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral. Durante os exercícios aéreos, com os Aspirantes a bordo da aeronave, foram realizados pousos no NPaFlu “Pedro Teixeira” e no NAsH “Oswaldo Cruz”.

Os participantes da comissão, também, conheceram o porto de Santarém e receberam informações sobre os aspectos socioeconômicos e turísticos da região. A Comissão de Estágio de Verão dos Aspirantes/2015 consiste em uma oportunidade de complemento à formação dos Aspirantes da Escola Naval, além de demonstrar a capacidade de atuação da Marinha, com meios navais, aeronavais e de Fuzileiros Navais, no cenário amazônico.

Fonte | Fotos: ccsm