News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Friday, 21 de June de 2024
Home » Marinha » Marinha do Líbano realiza pela primeira vez patrulha de área marítima em conjunto com a FTM-UNIFIL

Marinha do Líbano realiza pela primeira vez patrulha de área marítima em conjunto com a FTM-UNIFIL

Marinha
Por

Navio libanês em exercício de interdição marítima com a Marinha do Brasil

Em 16 de julho, o Navio-Patrulha libanês LNS (Lebanese Navy Ship) “TABARJA” juntou-se aos navios da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL) para realizar uma operação de interdição marítima (Maritime Interdiction Operation, MIO) por 24 horas na costa libanesa.

Periodicamente, os navios da Lebanese Army Force – Navy (LAF-N) realizam, com navios da FTM-UNIFIL, o adestramento MIO EXERCISE – Maritime Interdiction Operation Exercise, onde executam manobras táticas relacionadas com as atividades de MIO. O exercício, inicialmente previsto para cinco horas de execução, encerrava-se com a posterior atracação do navio libanês.

A duração do exercício foi estendida para 24 horas e o navio passou a ser designado para cumprir zonas de patrulha determinadas pelo MIO Commander, realizando tarefas de forma integrada com a FTM-UNIFIL.

A designação do navio para a área de patrulha foi realizada simultaneamente à condução do MIO Commander Practice Training (MIO CDR PT), onde o serviço de MIO Commander é efetivamente assumido pela estação radar costeira central libanesa (C1), localizada na Base Naval de Beirute.

Com isso, o LNS “TABARJA” reportou suas interrogações diretamente à estação C1, sob acompanhamento da FTM-UNIFIL, o que indica um passo importante no adestramento da Marinha do Líbano.

A realização de MIO e o adestramento da LAF-N são as duas tarefas da missão da primeira Força-Tarefa Multinacional sob a égide da Organização das Nações Unidas, estabelecida de acordo com a Resolução nº 1.701 do Conselho de Segurança da ONU, e agora sob comando brasileiro.

 

Fonte | Fotos: ccsm