News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Tuesday, 23 de April de 2024
Home » Marinha » Novos Oficiais Fuzileiros Navais realizam adestramento na pista de CLAnf

Novos Oficiais Fuzileiros Navais realizam adestramento na pista de CLAnf

Marinha
Por

Movimentação dos CLAnf na pista de adestramento

O Batalhão de Viaturas Anfíbias (BtlVtrAnf) recebeu, no dia 18 de novembro, a visita de 53 Guardas-Marinha do Curso de Formação de Oficiais Fuzileiros Navais, ministrado pelo Centro de Instrução Almirante Wandenkolk.

Durante a visita, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer a Companhia de Carros Lagarta Anfíbio e toda a sua estrutura: sala de aula, galpões de estacionamento e manutenção, bem como a nova pista de adestramento. Após receberem instruções para o embarque nos CLAnf, os militares acompanharam todo o circuito da pista e, em seguida, realizaram uma navegação marítima em torno do Complexo Naval da Ilha das Flores.

Elaborada em proveito das Operações Anfíbias, a pista é composta por obstáculos com distintas angulações, entre fossos e rampas de inclinação lateral e frontal distribuídos em um circuito estreito e sinuoso que explora a capacidade máxima de inclinação das viaturas, permitindo o treinamento na própria Organização Militar e simulando movimentos que exigem tanto do CLAnf, quanto do seu operador, profundo aprestamento.

A partir de 2015, a pista reforçará as atividades do Curso Especial de Operações de CLAnf, ministrado anualmente pelo Batalhão, permitindo aos futuros “Clanfistas” uma formação cada vez mais apurada para o fiel cumprimento das missões que lhe forem confiadas.

Fonte | Fotos: ccsm