News

Escoteiro do Rio de Janeiro é condecorado com a Medalha Marechal Mascarenhas de Moraes

Escoteiros de Irajá participam de troca de guarda do Monumento aos Pracinhas

AECB Brasília realiza homenagem a veteranos da FEB

Militares do Comando Militar do Norte fortalecem o preparo em Operações Aeromóveis

Tropa do Exército Brasileiro se prepara para atividade internacional

Operações Interagências: saiba como é atuação da Marinha com outros órgãos

Condor apresenta tecnologias inteligentes durante a LAAD 2023 e anuncia o primeiro Instituto de Ciência e Tecnologia para não letais da América Latina

Sunday, 03 de March de 2024
Home » Marinha » Submarino “Tapajó” e Navio de Socorro Submarino “Felinto Perry” participam da Operação “INAUGUREX 2014”

Submarino “Tapajó” e Navio de Socorro Submarino “Felinto Perry” participam da Operação “INAUGUREX 2014”

Marinha
Por

INAUGUREX 2014

Nos dias 10 até 12 de dezembr, o Submarino “Tapajó” e o Navio de Socorro Submarino “Felinto Perry” participaram da Operação “INAUGUREX 2014”, que contribuiu para a segurança marítima da cerimônia de inauguração do prédio principal do Estaleiro de Construção, na Base Naval, em edificação no município de Itaguaí (RJ). Também realizaram a comissão a Fragata “Greenhalgh” e o Navio-Patrulha “Macaé”.

Durante o referido período, foram realizadas diferentes ações de presença com o objetivo de evitar a aproximação de embarcações não-autorizadas  e permitir a segurança ostensiva da área marítima em diversos pontos do Complexo Naval de Itaguaí. No dia 12 de dezembro, ocorreu o evento de inauguração do prédio principal do Estaleiro de Construção com a participação da presidente da República, Dilma Roussef; do Ministro da Defesa, Embaixador Celso Amorim; do Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto, do Ex-Ministro da Marinha, Almirante-de-Esquadra Alfredo Karam, bem como autoridades civis e militares.

O Estaleiro de Construção ocupa uma área de 22 mil metros quadrados, e no local serão construídos quatro novos submarinos convencionais e o primeiro submarino com propulsão nuclear, num feito que fará do Brasil o primeiro país da América Latina a atingir significado avanço tecnológico. Tais ações surgiram por meio do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), parceria firmada entre os governos da França e Brasil.

Fonte | Fotos: ccsm