News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Friday, 19 de July de 2024
Home » Marinha » Submarino “Tapajó” se prepara para exercício de minagem e recebe visita do ComemCh

Submarino “Tapajó” se prepara para exercício de minagem e recebe visita do ComemCh

Marinha
Por

Embarque das minas no Submarino

No dia 19 de agosto, foram embarcadas no Submarino “Tapajó” três minas de exercício (MCEM-23C) para adestramento de minagem, a ser realizado durante o período da comissão “ADEREX-I/14”, que acontece de 25 a 29 de agosto.

A fase inicial do exercício deu-se com a preparação do compartimento de baterias do Submarino, para que o sistema de transporte e movimentação seja utilizado. Em seguida, por meio de manobra com tanques de lastro, foi dada uma ponta de cerca de 3 graus para cima (elevando em 3 graus a proa do submarino), para possibilitar a montagem da plataforma de recebimento na proa e o embarque das minas pelos tubos de torpedo superiores.

Após o embarque, as minas foram alojadas nos berços e nos tubos de torpedo, que possuem a capacidade de realizar o lançamento das minas.

A Operação de Minagem consiste no lançamento criterioso de minas em áreas selecionadas, para destruir navios, conter, limitar ou retardar seu trânsito. Os submarinos podem penetrar em uma área controlada pelo inimigo, lançar minas de acordo com um padrão mais preciso que o obtido pela minagem por aeronave e evadir-se sem revelar a presença.

Participaram desse evento a Diretoria de Sistemas de Armas da Marinha, o Comando da Força de Submarinos, o Centro de Manutenção de Sistemas da Marinha, o Centro de Mísseis e Armas Submarinas da Marinha, a Base Almirante Castro e Silva e o Centro de Instrução e Adestramento Almirante Áttila Monteiro Aché.

Nesse dia, o submarino recebeu a visita do Comandante-em-Chefe da Esquadra, Vice-Almirante Ilques Barbosa Junior, que verificou o andamento da faina e os procedimentos realizados.

Fonte | Fotos: ccsm