News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Wednesday, 17 de April de 2024
Home » Segurança Pública » Unidades do Corpo de Bombeiros do Rio e da Defesa Civil Estadual aferem temperatura de militares e civis

Unidades do Corpo de Bombeiros do Rio e da Defesa Civil Estadual aferem temperatura de militares e civis

Diversos

 

Seguindo as medidas de enfrentamento à propagação do coronavírus, a Secretaria de Estado de Defesa Civil, por meio da Diretoria Geral de Saúde, adquiriu cerca de 200 termômetros infravermelhos de aferição da temperatura a distância. Todos os quartéis receberam o material, assim como as unidades de Saúde, a Diretoria Geral de Controle e Operações, a Academia de Bombeiro Militar Dom Pedro II e o Centro de Suprimentos e Manutenção. A iniciativa objetiva identificar, precocemente, militares ou civis com sintomas de contaminação pelo novo coronavírus e, dessa forma, aplicar as medidas de segurança necessárias e conter a dinâmica de contágio nas dependências da instituição.

Segundo o diretor geral de Saúde, coronel Roberto Miúra, os equipamentos têm sido usados desde o início deste mês. São de fácil manuseio e a aferição é bem rápida.

Basta clicar no botão inicial e posicionar o mesmo adequadamente, aguardando a leitura. Um alarme sonoro será ouvido quando a temperatura for maior do que 37, 8º C. Nestes casos, quem apresentar, ainda, sintomas tais como tosse, dor de garganta, dores musculares e desconforto respiratório é orientado a procurar uma unidade de saúde – esmiuçou Miúra.

Fonte | Fotos: CBMERJ