• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Marinha

Marinha apresenta capacidade operativa das equipes de Operações Especiais

Por João Pedro Sá Teles      |     22/07/2013 às 13:05

No dia 19 de julho, o Comando do 1º Distrito Naval realizou treinamentos para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), no Complexo Naval da Ilha do Governador (CNIG) e no Navio-Patrulha Macaé. Cerca de 150 militares participaram dos exercícios. O objetivo foi demonstrar a capacidade operativa das equipes de Operações Especiais da Marinha do Brasil.

No CNIG, o Grupo Especial de Retomada e Resgate (GERR) realizou a retomada de instalações e resgate de reféns com o uso de um helicóptero. Em seguida, os Fuzileiros Navais realizaram ação de controle de trânsito, com o uso de cães, e um exercício de Defesa Química, Biológica, Nuclear e Radiológica (QBNR), onde foi simulado um atentado com agente químico e descontaminação de feridos.

No Navio-Patrulha Macaé, os Mergulhadores de Combate realizaram a simulação de retomada de um navio não-cooperativo e resgate de refém.

58

Durante a Jornada Mundial da Juventude, a Marinha do Brasil realizará a segurança da área marítima e de estruturas estratégicas. Serão realizadas ações de Inspeção Naval e Patrulha Naval na Orla do Rio, Baía de Guanabara, Baía de Sepetiba, e na área marítima da Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto, em Angra dos Reis.

Em terra, o Corpo de Fuzileiros Navais irá atuar como força de contingência em estruturas estratégicas e realizará ações de segurança no Campus Fidei, em Guaratiba. Equipes de Operações Especiais também estarão preparadas para atuar no combate ao terrorismo e defesa QBNR. No total, serão empregados cerca de 3.300 militares.

 

, , , , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.