RSS
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • RSS

Força Aérea

O fim de uma era: FAB irá leiloar seu ultimo 707(KC-137) o “FAB 2402”

Por   

707 vai a leilao

A Força Aérea Brasileira anunciou que irá leiloar seu ultimo Boeing KC-137 (707) o “FAB 2402″, o lendário Sucatão, conforme anuncio no site do leiloeiro. Com um valor de lance inicial em R$ 312.200,00, com incrementos no valor mínimo de R$ 1.000,00. Os interessados podem agendar uma visitação externa para os dias 24, 25 e 26 de agosto, das 09h às 11h e das 13 às 15:30h.

Os KC-137 na FAB

Os 707 chegaram à Força Aérea Brasileira em meados dos anos 1980, provenientes de uma compra de oportunidade feita junto a extinta empresa aérea VARIG. Começava ali uma nova etapa na aviação militar brasileira, pois teriam a oportunidade de entrarem na história da aviação nacional ao integrar as principais missões humanitárias promovidas pelo Brasil, além do resgate de brasileiros vítimas de guerras e catástrofes.

PP-VJX

Com a entrada em operação destas novas aeronaves foi permitido a FAB, utiliza suas aplicações tanto no transporte de tropas em missões de paz no Haiti, em Angola e no Timor Leste, como também em apoio a todo tipo de atividades de interesse do Brasil (científicas, desportivas ou sociais).

O Esquadrão Corsário (Segundo Esquadrão do Segundo Grupo de Transporte – 2º/2º GT) foi o esquadrão escolhido e qualificado para dar inicio a atividade com os 707. O 2º/2º recebeu quatro unidades Boeing KC-137 que passaram por modificações na Boeing Military Aircraft Company, Wichita, no estado norte-americano do Kansas, onde receberam sua novas matrículas FAB-2401, FAB-2402, FAB-2403 e FAB-2404.

707.2

Durante as missões de REVO (Reabastecimento em Voo) o Esquadrão Corsário realizou vários deslocamentos em apoio aos caças da FAB em todo o território nacional e até no exterior, durante exercícios militares. Em maio de 2013, o FAB-2404 sofreu um acidente ao decolar do Aeroporto Internacional Toussaint Louverture, em Porto Príncipe, no Haiti, quando trazia de volta 131 soldados brasileiros integrantes da MINUSTAH (Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti), além de 12 tripulantes.

Não houve feridos e a aeronave não sofreu grandes danos, mas a sua recuperação em um país distante envolveria grandes esforços materiais e humanos, motivo pelo qual a Força Aérea Brasileira decidiu desmontá-la e trazer de volta por via marítima, para ser utilizada como fonte de peças para as outras três aeronaves.

2404 acidentado

No dia 10 de outubro de 2013, durante a Cerimônia Militar realizada na Base Aérea do Galeão para comemorar os 45 anos do Esquadrão Corsário, a Força Aérea Brasileira anunciou a aposentaria dos três Boeing KC-137 restantes, após 27 anos de atividades. Como não havia nenhuma aeronave para substituí-los, o Esquadrão Corsário suspendeu as suas atividades enquanto aguarda a chegada de um novo vetor.

Foto3KC137Corsrio.Passagem Comando COMGAR 707.4 

Fonte | Fotos: operacional

, , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Dia Internacional do Peacekeeper no CCOPAB

Temporada hípica da EsEqEx

Dia do Exército – 1ª DE

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.