RSS
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • RSS

Internacional

Televisão russa mostrou planos secretos de mísseis nucleares acidentalmente

Por   

 Projetos secretos

Duas estações de televisão russas exibiram acidentalmente imagens relativas a um plano secreto do Kremlin para a utilização de torpedos nucleares em submarinos. “É verdade, alguns dados secretos foram para o ar, por isso os planos foram apagados”, admitiu um porta-voz do presidente russo, Vladimir Putin. Nas imagens, captadas pelo Canal 1 e pela NTV durante um encontro de Putin com altos dirigentes militares em Sochi, vê-se durante vários segundos um militar segurando um relatório com desenhos pertinentes ao projeto. O documento filmado refere-se a um sistema de mísseis submarinos cuja utilização seria “imprópria para um longo período”, devido à radioatividade neles presente.

Vladimir Putin está em Sochi há alguns dias a participando de uma série de encontros sobre o futuro das forças armadas russas. Logo no primeiro dia da reunião na última terça-feira, o presidente anunciou um reforço dos meios militares da Rússia. O sistema de mísseis que aparecem nas imagens chama-se Status 6 e foi concebido pela empresa Rubin, sediada em São Petersburgo. Na Rússia, a comunicação social é controlada pelos oligarquias que rodeiam o Kremlin e os grupos de comunicação estrangeiros estão proibidos de deter mais de 20% do capital das empresas. Assim, o fato de estas imagens terem aparecido em imagens televisivas, não será algo facilmente explicável, “No futuro vamos tomar medidas preventivas para que isto não volte a acontecer sem dúvida”, admitiu o porta-voz de Putin.

FONTE: Observador.pt

Fonte | Fotos: operacional

, , , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Formatura do Treinamento Específico de Auxiliar de Precursor

Dia Internacional do Peacekeeper no CCOPAB

Temporada hípica da EsEqEx

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.