• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Marinha

Marinha do Brasil inaugura Centro de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica

Por   

Marinha do Brasil inaugura Centro de Defesa Nuclear Biológica Química e Radiológica

A Marinha do Brasil (MB) realizou na ultima terça-feira dia 28, a cerimônia de ativação de seu Centro de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (CDefNBQR-MB), que está subordinado ao Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais. A nova Organização Militar (OM) está situada à Avenida Brasil, 13.476, na altura de Parada de Lucas, Rio de Janeiro – RJ, na mesma região onde está localizado o Centro Tecnológico do Corpo de Fuzileiros Navais (CTecCFN) e o Centro de Adestramento Almirante Marques de Leão (CAAML).

Marinha do Brasil inaugura Centro de Defesa Nuclear Biológica Química e Radiológica.3

O Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Almirante-de-Esquadra (FN) Fernando Antonio de Siqueira Ribeiro, exaltou a importância da Organização Militar na estrutura organizacional da MB. A Marinha do Brasil verificou a necessidade de dispor de uma Organização Militar capaz de coordenar e integrar, de forma sistemática, as atividades de Defesa NBQR no âmbito da Força, permanecendo em condições de coordenar e integrar essas mesmas atividades no âmbito do Ministério da Defesa.

Marinha do Brasil inaugura Centro de Defesa Nuclear Biológica Química e Radiológica.4

O CDefNBQR-MB possui um efetivo de 21 militares, que estão divididos em três departamentos: um técnico, responsável pela parte doutrinária de Defesa NBQR; um de capacitação, no Brasil e no exterior; e um de material, em apoio ao Comando do Material de Fuzileiros Navais, para aquisição e acompanhamento de materiais empregados.

Marinha do Brasil inaugura Centro de Defesa Nuclear Biológica Química e Radiológica.2

O Capitão-de-Mar-e-Guerra (FN) Carlos Jorge de Andrade Chaib foi designado o Comandante da nova unidade e destaca os desafios que terá pela frente. A Organização Militar será responsável por dar as diretrizes da parte NBQR para toda a Marinha do Brasil, para uniformizar procedimentos, doutrina e promover a formação de massa crítica, que é um dos aspectos mais importantes nessa área. É demorado, não é simples e requer muito trabalho de todos os setores da Força -, conclui.

FONTE : Comando Geral do Corpo de Fuzileiros Navais

, ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Temporada hípica da EsEqEx

Dia do Exército – 1ª DE

Campeonato de salto do Exército Brasileiro

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.