News

Escoteiro do Rio de Janeiro é condecorado com a Medalha Marechal Mascarenhas de Moraes

Escoteiros de Irajá participam de troca de guarda do Monumento aos Pracinhas

AECB Brasília realiza homenagem a veteranos da FEB

Militares do Comando Militar do Norte fortalecem o preparo em Operações Aeromóveis

Tropa do Exército Brasileiro se prepara para atividade internacional

Operações Interagências: saiba como é atuação da Marinha com outros órgãos

Condor apresenta tecnologias inteligentes durante a LAAD 2023 e anuncia o primeiro Instituto de Ciência e Tecnologia para não letais da América Latina

Sunday, 03 de March de 2024
Home » Força Aérea » Dois aviadores do EDA concluem o Curso de Piloto de Demonstração Aérea

Dois aviadores do EDA concluem o Curso de Piloto de Demonstração Aérea

Força Aérea
Por

_DA_6880

Dois aviadores da Esquadrilha da Fumaça se formaram no Curso de Piloto de Demonstração Aérea em suas respectivas posições de voo nesta sexta-feira, dia 25 de setembro. O Major José Pimentel Neto, número 6, e o Capitão Glauber Lage, número 4, completaram a fase avançada do curso e, agora, estão preparados para participar de apresentações do Esquadrão de Demonstração Aérea.

Após terminarem o curso básico e voarem as horas necessárias à experiência na aeronave A-29 Super Tucano, ambos iniciaram a fase avançada cuja finalidade é executar toda a demonstração realizada com suas acrobacias e encaixes de acordo com a posição de voo. O treinamento possui 80 missões efetivadas dentro de, aproximadamente, seis meses.

Com um grande sentimento de orgulho, o Capitão Glauber comentou sobre a conclusão no curso. “Estou muito feliz por terminar mais essa fase, conquistar essa vitória e poder, agora, demonstrar na Esquadrilha da Fumaça, cumprindo nossa missão pelo Brasil”. O Major Pimentel ressaltou a importância do trabalho em equipe. “Esse é um momento muito importante na vida de qualquer piloto que ingressa na Fumaça”.

É o coroamento do ciclo de instrução teórica e prática, pois houve o esforço enorme de todos os envolvidos. Não só dos instrutores envolvidos, mas de todo o Esquadrão. Só é possível decolar com sete aviões tendo o envolvimento de toda a equipe. É um misto de felicidade e de dever cumprido, ao sabermos que isso é só o começo de nossa trajetória na Fumaça.

FONTE: EDA

 

Fonte | Fotos: operacional