News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Friday, 19 de July de 2024
Home » Força Aérea » Militares da FAB concluem treinamento para missão de paz

Militares da FAB concluem treinamento para missão de paz

Força Aérea
Por

FAB Trei Haiti

Militares da Força Aérea Brasileira (FAB) concluíram, na sexta-feira (31/10), a última etapa do treinamento, antes da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (MINUSTAH). O Exercício Avançado de Operações de Paz (EAOP) foi organizado pelo Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB).

O Pelotão de Infantaria da Aeronáutica do 21º Contingente Brasileiro (PINFA-21) é composto por militares pertencentes às unidades de Infantaria da área do V COMAR: 20 do Batalhão de Infantaria da Aeronáutica Especial de Canoas (BINFAE-CO), 4 da Base Aérea de Santa Maria (BASM) e 5 da Base Aérea Florianópolis (BAFL).

Desde o dia 13 de outubro, o Pelotão estava concentrado em Santa Maria (RS), onde participou das últimas etapas de treinamento na cidade, com atividades de segurança de comunidades, manutenção na infraestrutura das escolas e simulações. O embarque do Pelotão para a cidade de Porto Príncipe, capital do Haiti, está marcado para a 2ª quinzena de novembro.

A missão do PINFA naquele país é contribuir para a manutenção do ambiente seguro e estável e prestar apoio às atividades de assistência humanitária e de fortalecimento das instituições nacionais, além de realizar operações militares de manutenção da paz. No dia 4 de dezembro, o 21º contingente brasileiro assume o comando no Haiti, onde deve ficar por seis meses.

Fonte | Fotos: cecomsaer