News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Friday, 19 de July de 2024
Home » Geopolítica » Fragata Bartolomeu Dias em exercícios navais na costa ocidental Africana

Fragata Bartolomeu Dias em exercícios navais na costa ocidental Africana

Diversos
Por

Fragata Bartolomeu Dias

A Fragata Bartolomeu Dias (F333) da Marinha Portuguesa, levantou ancôra da Base Naval de Lisboa na madrugada do dia 28 de fevereiro de 2015, para participar nos exercícios promovidos pelo Comando das Forças Americanas em África (US Africom), o Obangame Express 2015 e o Saharan Express 2015 os quais serão realizados entre os dias 19 e 27 de março no Golfo da Guiné, e entre os dias 20 e 27 de abril na costa ocidental de África, respectivamente.

nrp-bartolomeu-dias

O  Obangame Express 2015 e o Saharan Express 2015 são dois dos quatro exercícios marítimos regionais promovidos anualmente na África pela Marinha dos EUA, integrados no programa Africa Partnership Station. Contando com a participação de forças navais de países Aliados e de países africanos o objetivo principal destes exercícios consiste no fortalecimento de parcerias marítimas globais através de atividades de formação e de colaboração para melhoraria da segurança marítima nas regiões do Golfo da Guiné e da costa ocidental africana.

BartDias_001

A Fragata Bartolomeu Dias (F333) comandada pelo Capitão-de-fragata Paulo Cavaleiro Ângelo, tem embarcado 171 militares. A Fragata tem seu nome atribuído em homenagem ao navegador português que ficou conhecido por ter sido o primeiro europeu a navegar para além do extremo sul do continente africano, “dobrando” o Cabo da Boa Esperança e tendo chegado ao oceano Índico a partir do Atlântico, foi construída na cidade de Flushing (Holanda) no ano de 1994, sendo transferida para a Marinha Portuguesa em 16 de Janeiro de 2009.

FONTE : emgfa.pt

Fonte | Fotos: operacional