News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Wednesday, 17 de April de 2024
Home » Geopolítica » Inspetores russos vão realizar voos de observação sobre os EUA

Inspetores russos vão realizar voos de observação sobre os EUA

Diversos
Por

flight

Um grupo de inspetores russos planeja realizar dois voos de observação sobre o território dos Estados Unidos a bordo de um avião Tupolev Tu-154M Lc-1, no âmbito do Tratado Internacional de Céus Abertos. “Os voos de inspeção serão realizados até 22 novembro a partir dos aeródromos Travis e Wright-Patterson. A faixa máxima de voo é de 4.900 e 4.250 km, respectivamente”, anunciou o chefe do Centro Nacional para Redução de Risco Nuclear, Serguêi Rijkov.

Segundo ele, os voos estão sendo realizados para promover maior transparência na atividade militar dos Estados-membros do tratado e para reforçar a segurança por meio de medidas de confiança. Estes são os 35oe 36o voos de vigilância da Rússia sobre territórios de Estados-membros do tratado somente neste ano.

800px-Yuri_Gagarin_Cosmonaut_Training_Centre_Tupolev_Tu-154M_Pichugin

As rotas foram previamente acordadas, e os especialistas norte-americanos a bordo controlarão o uso de equipamento de vigilância e a observância ao tratado. Outro grupo de inspetores russos está realizando um voo de observação sobre o território da Grécia a bordo de uma aeronave Antonov An-30B. A operação será concluída nesta sexta-feira (14).

Nesse mesmo período, um grupo conjunto de inspetores norte-americanos e italianos está efetuando um voo de inspeção sobre o território russo a bordo de um Boeing OC-135B.

OC-135B_04

Sem tempo fechado

O Tratado de Céu Aberto foi assinado em 1992 e conta com 34 países-membros. Desde que o acordo entrou em vigor em 2002, os voos de vigilância são conduzidos sobre os territórios da Rússia, Estados Unidos, Canadá e países europeus.

As principais tarefas do tratado são desenvolver a transparência, acompanhar o cumprimento de acordos de controle de armamentos, e aumentar a capacidade de prevenir crises no âmbito da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) e outros órgãos internacionais.

Fonte | Fotos: gazetarussa