News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Friday, 21 de June de 2024
Home » Internacional » A Agência NSA aumentou o uso de reconhecimento facial

A Agência NSA aumentou o uso de reconhecimento facial

Diversos
Por

nsa-20130612175137

A NSA (Agência de Segurança Nacional dos EUA) coleta grande número de imagens de pessoas para uso em sofisticados programas de reconhecimento facial, segundo papéis confidenciais.

A agência aumentou o uso de programas de reconhecimento facial recentemente, desde que passou a usar novo software para estudar imagens em e-mails, mensagens de texto, redes sociais e outros tipos de comunicação.

Agentes da NSA acreditam que avanços tecnológicos podem revolucionar a localização de alvos pelo mundo. As ambições da NSA nesse campo e a escala do esforço ainda não tinham sido noticiadas.

Reconhecimento facial

Segundo documentos obtidos em 2011 pelo ex-técnico da NSA Edward Snowden, a agência intercepta “milhões de imagens por dia”, incluindo 55 mil “imagens com qualidade de reconhecimento facial”, algo considerado um “tremendo potencial” para o serviço de inteligência.

“Não é só a comunicação tradicional que interessa: é usar um arsenal tático para explorar pistas de um suspeito em atividades na rede para compilar informação biográfica e biométrica”, diz documento de 2010 da agência.

Não está claro quantas pessoas podem ter sido alvos do esforço. Críticos e ativistas se preocupam com o risco de as melhoras na tecnologia acabarem com a privacidade. “Reconhecimento facial pode ser muito invasivo”, diz Alessandro Acquisti, da Universidade Carnegie Mellon.

facial

A NSA diz que a agência não tem acesso a fotos de carteiras de habilitação ou passaportes, mas não informa se pode obter fotos de solicitantes de visto. Também se negou a dizer se coleta imagens faciais de americanos em redes sociais em ações além da interceptação de conversas.

Fonte | Fotos: folhadesaopaulo