News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Tuesday, 23 de July de 2024
Home » Internacional » Kerry admite ‘tensões’ entre EUA e Alemanha por conta de espionagem

Kerry admite ‘tensões’ entre EUA e Alemanha por conta de espionagem

Diversos
Por

O secretário de Estado americano, John Kerry, reconheceu nesta quinta-feira (7) “tensões” com a Alemanha pelas acusações de espionagem, mas afirmou que os dois países aliados mantêm uma “relação forte”.

“Sem dúvida esta situação tem provocado tensões com a Alemanha e com os alemães”, disse ao jornal “Bild” o chefe da diplomacia americana, ao ser questionado sobre o caso de espionagem da Agência de Segurança Nacional (NSA).

Pressionado pelos deputados, o governo alemão está examinando a possibilidade de ouvir em Moscou o americano Edward Snowden, ex-consultor da NSA e fonte das revelações sobre a espionagem americana na Alemanha e em outros países europeus.

Snowden revelou à imprensa documentos que indicam que o governo dos Estados Unidos poderia ter grampeado o telefone celular da chanceler alemã Angela Merkel.

“Nos momentos difíceis os aliados trabalham com franqueza e respeito mútuo. A Alemanha é um dos grandes amigos dos Estados Unidos e um dos nossos aliados mais importantes”, disse Kerry na entrevista.

Fonte | Fotos: afp