News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Wednesday, 24 de April de 2024
Home » Mercado & Indústria » Embraer KC-390 voltará aos voos de testes em setembro

Embraer KC-390 voltará aos voos de testes em setembro

Mercado & Indústria
Por

1º voo do KC-390.3Thiago Vinholes

A Embraer Defesa e Segurança, divisão de produtos militares da Embraer, deve retomar os voos de testes para certificação com o KC-390 a partir de setembro. O primeiro protótipo da maior aeronave já projetada no Brasil voou pela primeira e única vez até então em fevereiro deste ano.

Após o primeiro voo, o KC-390 entrou no período de “lay-up”, onde parte dos equipamentos são desmontados e verificados e outros instrumentos e recursos, que mais adiante serão necessários para a homologação, são instalados e checados. Além disso,mais um protótipo de voo está sendo construído e outros dois aparelhos serão fabricados para serem utilizados exclusivamente em testes estáticos e de fadiga estrutural.

Prototipo KC 390

Durante esse período de ajustes, a Embraer também está testando a sonda de reabastecimento em voo, configuração que será utilizada pela Força Aérea do Brasil (FAB). Ao todo, para ser certificado, o KC-390 precisa cumprir 2.000 horas de voo, que serão efetuados usando os dois protótipos de voo. “Se fosse o primeiro avião que estivessemos desenvolvendo eu estaria muito preocupado, mas não é o caso”, contou Jackson Schneider ao site.

Até o momento, o único pedido de compra firme pelo KC-390 veio da FAB, que encomendou 28 unidades. Os primeiros exemplares da aeronave na versão final, que servirá em missões de transporte tático e reabastecimento em voo, devem ser entregues a partir de 2017.

Prototipo KC 390.2

Além do Brasil, Argentina, Portugal e Republica Tcheca também estão envolvidos no projeto da Embraer e futuramente devem adquirir o KC-390 para reforçar suas forças armadas.

FONTE : UOL Notícias

 

Fonte | Fotos: operacional