News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Saturday, 13 de July de 2024
Home » Segurança Pública » Oficial da PMERJ conquista diploma de Comissário de Polícia pela Escola Nacional Superior de Polícia da França

Oficial da PMERJ conquista diploma de Comissário de Polícia pela Escola Nacional Superior de Polícia da França

Diversos

Ao conquistar o diploma de Comissário de Polícia pela Escola Nacional Superior de Polícia (ENSP), instituição de excelência acadêmica francesa e de expressão internacional, o Tenente-Coronel da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Vitor Batista do Valle realizou uma façanha digna de aplausos e reconhecimentos de toda a Corporação.

Diplomado e integrante da 70ª turma da ENSP, o Ten-Cel Vitor é o primeiro policial militar brasileiro a concluir o curso responsável pela formação de policiais para exercerem o Alto Comando da Polícia Nacional francesa, além da Analise, Elaboração e Gestão de Políticas Públicas de Segurança da França, bem como de muitos países aliados. Subordinados ao Ministro do Interior francês, os Comissários de Polícia pertencem ao Quadro (Corpo) de Concepção e de Direção da Polícia Nacional do país, além de exercerem atributos de magistrado.

Na classificação final, o Oficial PMERJ, que exercia a função de Subcomandante do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) antes de ser admitido na ENSP, conquistou a primeira colocação entre os alunos oriundos de países não francófonos e sexto lugar geral. A cerimônia de formatura do curso de Comissário de Polícia foi realizada na última sexta-feira (28/06).

Considerado um dos mais difíceis e disputados do serviço público francês, o concurso para Comissário de Polícia exige dos candidatos um diploma de mestrado e aprovação nas provas escrita, oral, saúde, física e psicológica. A ENSP oferece todos os anos 15 vagas para policiais de países estrangeiros que mantém cooperação policial com a França, que. além das provas descritas, devem ter fluência em francês.

– Para conquistar uma vaga e conseguir frequentar o curso de Comissário de Polícia tive que passar numa seleção interna na PMERJ e em seguida no concurso de admissão da ENSP, cujas provas (todas em francês) foram realizadas na Embaixada da França, em Brasília. E para poder frequentar o Mestrado em Direito, Ciências Criminais e Defesa Interna tive que também ser aprovado no processo seletivo da Universidade Jean-Moulin Lyon 3 – conta o Ten-Cel Vitor, que tem formação acadêmica no Brasil em Direito e Mestrado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública pelo Centro de Altos Estudos da Segurança da Polícia Militar de São Paulo.

Uma contribuição expressiva para a PMERJ

As cadeiras que compõem a grade curricular do curso de Comissário de Polícia da ENSP e do Mestrado da Universidade de  demonstram o quanto as novas qualificações acadêmica e profissional do Ten-Cel Vitor poderão contribuir para Políticas Públicas de Segurança e na multiplicação do conhecimento aos policiais militares do Estado do Rio de Janeiro. Eis algumas das disciplinas ministradas no curso: Luta contra crime organizado, luta contra terrorismo, crimes cibernéticos, crimes ambientais, biopirataria, bioterrorismo, inteligência, investigação criminal, defesa e salvaguarda dos direitos fundamentais, direito penal e processual penal, análise da insegurança, geopolítica e estado das ameaças, função pública do Estado, defesa interna e Civil, gestão de riscos e de crises, inteligência econômica, inquéritos policiais, liberdades públicas, management (Gestão), media training, ordem pública,  parcerias operacionais para Segurança Pública, polícia administrativa, segurança dos Sistemas de Informação, sociologia da Segurança e tecnologias de Informação e de Comunicações.

Fonte | Fotos: Revista Operacional

Tags: - - - -