News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Tuesday, 23 de July de 2024
Home » Internacional » Força de Defesa Russa ganhará novos simuladores do Pantsir-S1 ainda em 2015

Força de Defesa Russa ganhará novos simuladores do Pantsir-S1 ainda em 2015

Diversos
Por

Pantsir-S1.3

O serviço de relações publicas do Ministério da Defesa Russo,  informou que os militares da Força de Defesa Aeroespacial poderão em breve desenvolver suas habilidades com os novos simuladores do sistema de artilharia antiaérea Pantsir-S1, os quais devrão serem entregues ainda este ano.

Este sistema móvel combina com os canhões automáticos de tiro rápido de 30 mm, com os mísseis teleguiados, sensores eletro-óticos, radares de controle de fogo e outros modernos equipamentos sobre o mesmo veículo, assegurando uma proteção contra veículos aéreos capazes de voar a baixas altitudes e furtivamente (inclusive mísseis de cruzeiro).

Reconhecido como um dos principais elementos das Forças Armadas da Russia, o Pantsir-S1 chamou a atenção do governo brasileiro, que manifestou o interesse em utilizá-lo na defesa aérea do Brasil durante a realização dos Jogos Olímpicos de 2016.

info Pantsir

No entanto embora os dois países já estejam em fase final de negociação para a compra desse equipamento, alguns especialistas acreditam que o acordo não será concretizado a tempo devido à atual situação da economia brasileira.

Há uma questão pendente no que se diz a respeito do financiamento e de acertos empresariais e industriais para a execução do negócio. O ministro da Defesa Jaques Wagner, acredita que até agosto tudo se resolva. Como a Presidenta Dilma vai para a Rússia em julho, então quem sabe possamos vir a ter um acerto aí nesse período, disse o ministro.

FONTE : Sputniknews

Fonte | Fotos: operacional